Para o topo
Sensibilidade sempre
/SBHansenologia
/todoscontraahanseniase

não é associado?
Botão Associe-se
sala de imprensa » releases

Homenagem da Sociedade Brasileira de Hansenologia ao Prof. Dr. Luiz Ricardo Goulart

Data de publicação: 29/10/2021
Homenagem da Sociedade Brasileira de Hansenologia ao Prof. Dr. Luiz Ricardo Goulart
Luiz Ricardo Goulart Filho

 

Grande nome da ciência brasileira, Prof. Dr. Luiz Ricardo Goulart Filho, nasceu em 25 de maio de 1962 em Uberlândia/MG e faleceu em 24 de outubro de 2021 na mesma cidade, em decorrência de complicações da COVID-19.

Graduado em Ciências Biológicas pela Faculdade Educacional de Machado/MG, e em Agronomia pela Universidade Federal de Lavras/MG (1984), Mestre em Genética (1987) e Doutor em Genética Molecular pela Purdue University (1990), tinha Pós-Doutorado em Patologia Molecular Médica pela Virginia Commonwealth University (1999) e Pós-Doutorado em Microbiologia Médica e Imunologia pela University of California-Davis/EUA (2010), onde também foi professor visitante (2010-2012).

Atuava como professor Titular da Universidade Federal de Uberlândia (desde 1992) e Professor Adjunto do Departamento de Microbiologia Médica e Imunologia da Universidade da Califórnia-Davis/EUA (desde 2013). Era coordenador do Instituto Nacional de Ciência e Tecnologia em Teranóstica e Nanobiotecnologia e também coordenava o Laboratório de Nanobiotecnologia, associado ao SisNANO (Sistema Nacional de Laboratórios em Nanotecnologias). Bolsista PQ-1B do CNPq, atuou como Membro do Comitê Assessor em Nanotecnologia e Novos Materiais, e como membro dos Comitês Assessores Multidisciplinar e da Presidência do CNPq, de Ciências Biológicas e Biotecnologia da FAPEMIG, e do Comitê Assessor do CT-INFRA da FINEP.

Talentoso e visionário, Luiz Ricardo possuía um grande desejo pela descoberta do novo, com isso conduzia com expertise inúmeras pesquisas em diversas áreas como Biotecnologia aplicada à agropecuária, genomas, câncer de próstata e câncer de mama, dengue, doenças coronárias, nanotecnologia, sensores biológicos em doenças infecciosas humanas e animais.  

Mas sua grande paixão era resolver problemas desafiadores de uma forma simplificada, como as doenças negligenciadas, em especial a Hanseníase, que afetam a população de baixa renda e pouco acesso à saúde, atendidos no Centro de Referência Nacional em Dermatologia Sanitária e Hanseníase (CREDESH), do Hospital de Clínicas, da Universidade Federal de Uberlândia/MG.

O interesse sobre hanseníase surgiu há mais de 20 anos, por influência de sua irmã Profa. Dra. Isabela Maria Bernardes Goulart, médica especialista em Hansenologia, que atuando em conjunto - a experiência clínica e a pesquisa básica, resultou em estudos translacionais sobre os mecanismos de ação da doença e importantes avanços no diagnóstico, reações hansênicas, monitoramento do tratamento e recidivas, buscando traduzir esses resultados em modificações da prática clínica e em melhorias das políticas públicas relacionadas à Hanseníase.

Participou ativamente na programação de Simpósios e Congressos da Sociedade Brasileira de Hansenologia (SBH). Como marco conceitual de avanços na pesquisa atuou no programa do 1º Simpósio Internacional sobre Diagnóstico Molecular e Imunológico da Hanseníase e da 1ª Reunião sobre Vacinas em Hanseníase em 2009; e do 1º Simpósio sobre Micobactérias e Resistencia a Drogas em 2011, realizados na UFU/MG.

Sua capacidade de inovação e desenvolvimento de projetos na área da hanseníase resultaram em mais de 30 artigos publicados em periódicos, 1 capítulo de livro, 2 textos em jornais, 92 trabalhos publicados em anais de congressos, 2 pedidos de patente e orientação de vários alunos de iniciação científica, mestrado e doutorado.

Entre os temas foco de suas pesquisas estavam: Estudo de componentes genéticos associados a susceptibilidade e resistência à Hanseníase, incluindo o primeiro trabalho sobre receptor da Vitamina D. Desenvolvimento de novos marcadores biológicos para melhorar o prognóstico e monitorar pacientes reacionais, casos de recidiva e a eficácia do tratamento. Devido à sua grande experiencia com técnicas moleculares, evidenciou a via de infecção e transmissão entre pacientes sintomáticos, assintomáticos e contatos, detectando DNA de M. leprae em mucosa oral e nasal, bem como em sangue periférico. Colaborou na aplicação desses métodos moleculares e imunológicos para avaliação precoce de danos neurais em pacientes e contatos associados a eletroneuromiografia. Desenvolveu novas plataformas biotecnológicas e imunológicas, assim como aperfeiçoou as técnicas moleculares e sorológicas já existentes para detecção de M. leprae viabilizando o diagnóstico precoce da hanseníase.

Seu grande sonho era desenvolver uma técnica de diagnóstico fácil, rápida, de baixo custo e acessível, que pudesse ser usada em campo sem a necessidade de um profissional especializado, revolucionando assim a forma de diagnóstico não só para hanseníase, como para outras doenças infecciosas.  

Dessa forma, Luiz Ricardo se empenhou até seus últimos dias em uma grande pesquisa, criação e construção de um método de análise e detecção por biossensores eletroquímicos e fotônicos (mesma técnica que usou para desenvolver com sucesso o primeiro sensor sem reagentes para COVID-19 aplicado em escala mundial). Essa técnica consegue detectar a presença de M. leprae em raspados dérmicos e também monitorar anticorpos no sangue e na saliva através de um microchip acoplado a um pequeno equipamento de análise, onde resultados podem ser observados e interpretados por um aplicativo de celular, com resultados rápidos em menos de 2 minutos.

Como um grande líder que formou profissionais altamente qualificados, Luiz Ricardo deixa uma equipe multiprofissional preparada que, juntamente com a Profa. Isabela Goulart, darão continuidade às suas pesquisas, que serão desenvolvidas em favor das pessoas afetadas por hanseníase e, em nome, respeito e admiração a tudo que o ilustre e inesquecível Professor Doutor Luiz Ricardo Goulart Filho construiu até aqui.

Nossa eterna gratidão a esse ser humano iluminado, que deixa uma saudade eterna no coração da sua família, amigos e da sociedade.

Veja também

Marketing e Assessoria de Imprensa

 

Texto & Cia Comunicação

 

Endereço: Rua Galileu Galilei 1800 cj 04 - Jardim Canadá
CEP 14020-620
Ribeirão Preto SP
Tel: 16 3234.1110 - 3916.2840

 

Atendimento:

Blanche Amancio
Daniela Antunes

destaques SBH

PARCEIROS SBH
CRNDSHansen
DAHW
CREDESH Centro de Referência Nacional em Hanseníase/Dermatologia Sanitária

Secretaria e correspondências
Laboratório de Dermato-Imunologia 
Universidade Federal do Pará
Av. João Paulo ll , 113
Bairro Dom Aristides
Marituba-PA
CEP: 67200-000
Tel: (91) 3201-7033

© Copyright 2017 SBHansenologia All Rights Reserve