Para o topo
Sensibilidade sempre
/SBHansenologia
/todoscontraahanseniase

não é associado?
Botão Associe-se
Informação » Notícias

SBH divulga documento da relatora Alice Cruz sobre impacto da Covid-19 sobre pessoas afetadas pela hanseníase

Data de publicação: 27/05/2020

 

Alice Cruz, relatora especial das Nações Unidas para a eliminação da discriminação contra pessoas afetadas pela hanseníase e seus familiares, divulga carta dirigida aos governos sobre o impacto da Covid-19 sobre as pessoas afetadas pela hanseníase e seus familiares. 

"Sou profundamente grata a todos os indivíduos e organizações que participaram das reuniões organizadas pelo Grupo de Trabalho da Parceria Global para Zero Hanseníase, especialmente às organizações nacionais e locais de pessoas afetadas pela hanseníase que estão liderando o apoio às pessoas afetadas, famílias e comunidades mais vulneráveis. Sou também grata aos meus colegas do referido grupo de trabalho. Tivemos uma reunião histórica com mulheres afetadas pela hanseníase, da qual saí com a firme convicção de que a chave para a sustentabilidade da eliminação da hanseníase e da discriminação que lhe está associada repousa nas organizações de base das pessoas afetadas. Todos devemos trabalhar mais para garantir uma resposta de baixo para cima às barreiras à saúde, bem-estar, inclusão e dignidade", disse a relatora.

"O Brasil ocupa o segundo lugar na lista de países com mais casos de hanseníase, mas a luta contra a doença é global. O trabalho que a Relatoria das Nações Unidas vem desenvolvendo é de extrema importância para alertar a sociedade sobre a necessidade de educação para o tema, políticas de controle da doença e atenção às pessoas atingidas pela hanseníase, que inclui, também, familiares dos doentes", comentou o presidente da SBH, Claudio Salgado. Segundo ele, é preciso que a sociedade esteja atenta e informada sobre a questão da hanseníase e saiba que a luta contra a doença passa pela eliminação da discriminação. "Não é aceitável que editais excluam pessoas afetadas pela doença das oportunidades de trabalho ou que escolas discriminem crianças, dentre tantas outras formas de discriminação ainda praticadas no Brasil e no mundo", alertou o presidente da SBH.

Leia documento da Relatoria das Nações Unidas na íntegra clicando AQUI. (versão original em inglês)
Para versão em português, tradução não oficial, clique AQUI.

Veja também

destaques SBH

PARCEIROS SBH
CRNDSHansen
DAHW
CREDESH Centro de Referência Nacional em Hanseníase/Dermatologia Sanitária

Secretaria e correspondências
Laboratório de Dermato-Imunologia 
Universidade Federal do Pará
Av. João Paulo ll , 113
Bairro Dom Aristides
Marituba-PA
CEP: 67200-000
Tel: (91) 3201-7033

© Copyright 2017 SBHansenologia All Rights Reserve