Para o topo
Sensibilidade sempre
/SBHansenologia
/todoscontraahanseniase

não é associado?
Botão Associe-se
Informação » Notícias

Campanha #TodosContraaHanseníase será lançada em São Luís do Maranhão

Data de publicação: 24/11/2016

 

O lançamento acontecerá durante o 9° Simpósio Brasileiro de Hansenologia

A Sociedade Brasileira de Hansenologia (SBH) vai lançar a campanha nacional #TodosContraaHanseníase, no próximo dia 28 (segunda), em São Luís do Maranhão, durante o 9° Simpósio Brasileiro de Hansenologia. A campanha educativa tem o objetivo de alertar a sociedade para o alto número de casos de hanseníase no Brasil. O lançamento acontecerá a partir das 18h, no Centro Pedagógico Paulo Freire - Universidade Federal do Maranhão/Cidade Universitária, e vai compor a cerimônia de abertura do simpósio.

O Brasil ocupa o segundo lugar no ranking mundial da doença, atrás apenas da Índia. Em 2014, o Brasil foi responsável por 90,8% dos casos de hanseníase nas Américas e diagnosticou mais de 31 mil casos novos; ou seja, quase o mesmo número de casos de HIV/AIDS diagnosticados no mesmo ano no país.

Hanseníase tem cura e tratamento gratuito no Brasil, mas é uma doença transmissível e de difícil diagnóstico, especialmente em seu estágio inicial – o doente deixa de transmitir hanseníase quando começa o tratamento. Como o bacilo fica incubado por vários anos, o protocolo médico exige avaliação de todos os comunicantes (amigos, familiares) de cada paciente diagnosticado com a doença.

Campanha
A campanha #TodosContraaHanseníase é dirigida à comunidade em geral – adultos e crianças – e trabalha o tema hanseníase em escolas, empresas, ONGs, clubes de serviço, sindicatos etc. “O objetivo é que o tema volte às salas de aula, pois hanseníase é uma doença esquecida que cresce silenciosamente”, alerta o presidente da SBH, professor Marco Andrey Cipriani Frade.

A campanha ganhou um mascote (Profi), que já está visitando escolas, e uma página no Facebook (www.facebook.com/todoscontraahanseniase), que disponibiliza cartões educativos para serem compartilhados. “Queremos que as pessoas sejam colaboradores virtuais, pois a facilidade de acesso às redes sociais e a familiaridade de vários públicos de interesse com elas são trunfos importantes para a campanha”, explica Marco Andrey. Além disso, a campanha tem cartilha educativa (para escolas), folders/folhetos (para empresas/CIPAs, distribuições pontuais em eventos), certificado (para empresas/entidades/pessoas físicas que queiram aderir à campanha), banner (para sites e Facebook), vídeo (para exibição em aulas, TVs, sites) e spot (áudio para rádio). E todas as artes podem ter a logomarca de parceiros e apoiadores.

A doença
A doença pode se manifestar com manchas avermelhadas ou esbranquiçadas na pele. Essas áreas perde​m a sensibilidade: o paciente não sente dor, frio, calor ou mesmo um toque porque tem os nervos afetados. E o doente também pode perder força para segurar objetos.  A hanseníase é conhecida como “doença negligenciada”, pois foi esquecida, raramente é discutida nas escolas e pelas famílias e isso colabora para aumentar o número dos doentes em todo o Brasil. Muitos deles nem sabem que estão doentes, pois é uma doença de difícil diagnóstico, principalmente nas formas mais iniciais. “Por isso, é fundamental que as pessoas estejam sempre atentas, prestando atenção ​na pele​, avaliando sua sensibilidade​ e a presença de manchas​”, alerta o médico Marco Andrey.

Agenda
Lançamento da campanha #TodosContraaHanseníase
Data: 28/11/2016 (segunda)
Horário: A partir das 18h
Local: Centro Pedagógico Paulo Freire - Universidade Federal do Maranhão/Cidade Universitária – São Luís do Maranhão
Endereço: Av. dos Portugueses 1966, Baganga

Veja também

destaques SBH

PARCEIROS SBH
CRNDSHansen
DAHW
CREDESH Centro de Referência Nacional em Hanseníase/Dermatologia Sanitária

Secretaria e correspondências
Rua Marechal Deodoro, 2456
Alto da Boa Vista
Ribeirão Preto - SP
CEP: 14025-210
(16) 3514-1115 \ 3967-1003

© Copyright 2017 SBHansenologia All Rights Reserve